Juan Pimentel, Comandante dos Bombeiros de Ronda, em Málaga, Espanha, foi afastado do cargo, após ter enchido a piscina da própria casa, recorrendo a um autotanque do departamento, escreve o El País.

O visado, que estava há 30 anos, na corporação, assumiu o erro. A denúncia foi feita através de uma carta anónima e foi aberta uma investigação. O inquérito conclui que os factos eram verdadeiros: o comandante tinha utilizado um autotanque com capacidade para 800 mil litros, por cinco vezes, para encher a piscina.
 

"Cometi um erro e estou vou pagar por isso. Mas isto não é assim tão importante. Não roubei o camião, nem tirei dinheiro. Não tive má intenção. O camião tinha uma fuga e estava a deitar água. Eu limitei-me a usá-la. De outra forma teria sido desperdiçada”, justificou Juan Pimentel.


Além da demissão, o antigo comandante também pode enfrentar procedimentos disciplinares. Por agora, vai ser transferido, para outra cidade, para substituir outro bombeiro que está de licença.

Manuel Marmolejo, coordenador dos Bombeiros para toda a província de Málaga, discorda de Juan Pimentel: “não estava autorizado a tomar a decisão e muito menos a usar a água na sua piscina”.