Leonid Stadnik era ucraniano, tinha 43 anos e 2,57 metros de altura. Era um dos homens mais altos do mundo e morreu esta segunda-feira.

Hemorragia cerebral poderá ser a causa da morte do ucraniano, segundo as autoridades de Podoliantsi, local onde vivia, na região de Zhytomyr.

Stadnik chegou a ser considerado o homem mais alto do mundo pelo Livro «Guinness World Records», mas o quando lhe foi pedido para se deixar medir sob as regras do próprio Guinness Leonid recusou e, em 2008, foi-lhe retirado o título.

Agora o título de mais alto do mundo pertence ao turco Sultan Kosen que mede 2,51 metros.