Duas megaoperações antimáfia levadas a cabo pela polícia italiana, esta sexta-feira, em Roma e na região da Calábria, resultaram na detenção de cerca de uma centena de pessoas.

De acordo com a imprensa local, em Roma, foram emitidos 51 mandados de detenção no âmbito de uma operação em que participaram cerca de meio milhar de agentes, uma das maiores de sempre realizadas na capital italiana.

Os detidos, segundo os investigadores, são importantes membros de diferentes clãs de Roma e da ilha da Sicília, pertencentes às famílias Fasciani, Triassi e D`Agati, que atuavam sobretudo no litoral romano.