Uma mulher morreu por afogamento, esta terça-feira, ao tentar salvar o filho que tinha caído à água. Tudo aconteceu no lago Powell, no estado norte-americano do Colorado, quando o filho de Chelsea Russell caiu de um iate e não conseguiu vir à superfície. A mãe mergulhou logo de seguida e conseguiu agarrar a criança, porém o barco afastara-se e já não conseguiu nadar até à embarcação.

Ainda não se sabe quanto tempo mãe e filho estiveram dentro de água, mas o chefe da polícia de San Juan confirmou que o iate estava a uma “distância significativa” das vítimas quando estas foram encontradas.

O polícia relatou, também, que “a criança foi resgatada consciente do colo da mãe”, mas que Russel estava desmaiada e os esforços de reanimação não foram bem-sucedidos. O menino está internado no hospital local e encontra-se estável.

Nenhuma das vítimas usava colete salva-vidas, embora sejam obrigatórios para crianças com menos de 12 anos.

Chelsea Russel é a sexta pessoa a morrer, só este ano, na Área Recreativa de Glen Canyo, onde se localiza o lago Powell. Um dos responsáveis da reserva afirmou que o não-uso dos coletes salva-vidas causou a morte a 120 pessoas nas últimas décadas naquele local.