O Presidente de Taiwan saiu ileso depois de um cidadão ter feito embater voluntariamente o seu carro contra o perímetro da residência presidencial, onde Ma Ying-jeou se encontrava a correr, informou esta terça-feira o Governo em comunicado.   

Ma Ying-jeou, que no mês passado foi alvo de um ataque quando um independentista da ilha lhe atirou um livro intitulado «Formosa atraiçoada», foi imediatamente escoltado pela guarda presidencial para um local seguro, indica o jornal Pingguo Ribao no seu portal na Internet.

A polícia deteve imediatamente o autor da colisão, levando-o para interrogatório.