O cargueiro espanhol Luno chocou contra a costa rochosa numa barra da praia basca francesa de La Barre, próxima da cidade de Anglet e perto do porto de Baiona, no sudoeste da França, para onde se dirigia, e partiu-se em dois, avança o «El País».

Os 11 tripulantes tiveram de ser resgatados por dois helicópteros, sendo que na zona, os ventos chegaram a ultrapassar os 150 quilómetros por hora.

«Eles estão chocados e cheios de frio», afirmou o vice-presidente da câmara de Bayonne, Dallennes Patrick.

O navio não transportava carga, mas tinha 127 mil litros de combustível nos seus depósitos e 12 toneladas de óleo.

«Nós não sabemos se os depósitos são compartimentados», escreveu Patrick no seu Twitter.

De acordo com o «Le Monde», as autoridades francesas já ativaram o plano antipoluição marítima para controlar uma eventual fuga de materiais perigosos.

O cargueiro já tinha tido problemas de motor antes do acidente desta quarta-feira, segundo adiantou Jean Espilondo, presidente da Câmara de Anglet, à agência de notícias Reuters.