O governo ucraniano e os rebeldes separatistas acordaramum cessar-fogo que entrará em vigor a 5 de dezembro, a na região de Luhansk.

O anúncio foi feito pela OCDE, que tem mediado as conversações, na segunda-feira. Um sinal positivo depois da violação do cessar-fogo acordado em setembro.

A OCDE refere que o cessar-fogo foi acordado entre as partes na linha da frente da batalha entre aqueles as forças ucraniana que defendem a unificação e aqueles que querem a separação de alguns províncias ucranianas para se reunirem à Rússia.

Com recurso a artilharia pesada, o conflito na Ucrânia já matou mais de 4300 pessoas desde Abril, como recorda a Reuters.

Estas terça-feira decorrem as negociações referente a outra região, Donetsk, cujo controlo pelo aeroporto tem levado a confrontos violentos entre as duas fações.

As conversações de paz tidas em novembro falharam.