As autoridades de saúde de Angola estão a investigar uma missionária angolana hospitalizada em Luanda, que se enquadra na definição de um caso suspeito de Ébola, disse esta segunda-feira à Lusa a Diretora Nacional de Saúde Pública angolana.

«Neste momento a doente continua sob investigação, estamos a aguardar confirmação laboratorial das análises, que vem do laboratório de referência, na África do Sul», explicou Adelaide Carvalho.

A missionária angolana está internada, em isolamento, no hospital Josina Machel, unidade de referência para receber casos suspeitos de Ébola em Luanda. Foi transferida para aquela unidade na sexta-feira, pouco depois de ter dado entrada num hospital militar da capital angolana, com um quadro de febre e náuseas.