Quatro idosas morreram esta madrugada depois do lar em que residiam, em Agramunt, Lleida, Espanha, ter sido atingido por uma tromba de água.

Segundo o El País, que cita moradores locais, eram cerca das quatro da madrugada quando uma tromba de água, provocada pela subida do rio Sió, chegou à povoação e inundou o lar Ribera de Sió, na rua dos Horts, em segundos.

Os serviços de emergência foram chamados de imediato, uma vez que muitos dos utentes daquele lar tem mobilidade reduzida e, segundo o presidente da localidade, Bernat Solé, alguns dos idosos sofriam de problemas de saúde que faziam que tivessem de ser "amarrados para dormir".

Durante as buscas, nove idosos foram dados como desaparecidos. Cerca das 7:00, as autoridades confirmaram que tinham conseguido resgatar cinco dos residentes, mas quatro idosas desaparecidas foram encontradas mortas.

Dois dos sobreviventes foram internados no  Hospital Arnau de Vilanova de Lleida com "hipotermia severa", mas estão fora de perigo.

O incidente está a ser investigado pelos Mossos d'Esquadra. A Proteção Civil de Espanha mantem ativado o plano especial de emergências por inundações na Catalunha e pela subida do rio Sió.