O milionário chinês Liu Han foi condenado à morte, na sequência de um dos maiores processos antimáfia julgados nos últimos anos na China, com 36 arguidos.

Um irmão de Liu Han, Liu Wei, foi também condenado à morte, anunciou o tribunal de Xianning, na província de Hubei.

Os irmãos Liu e 34 outros arguidos foram acusados de vários crimes, incluindo homicídio premeditado e organização liderança e participação num «gangue criminoso», informa a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.