Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas esta madrugada em confrontos violentos que opuseram centenas de trabalhadores estrangeiros e a polícia em Singapura, contrariando a imagem multiétnica da cidade-Estado.

Além dos feridos, carros da polícia foram queimados nos primeiros incidentes do género desde os tumultos raciais que em 1969 abalaram Singapura, escreve a AFP.

Segundo a polícia, os confrontos registaram-se após a morte de um cidadão indiano esmagado por um autocarro no bairro «Little India», onde milhares de trabalhadores da construção com origem naquele país se reúnem nos domingos, para desfrutarem do dia de descanso.