Já são várias as selfies tiradas junto ao Café Lindt, perto da Ópera de Sidney, na Austrália, onde se encontram sequestradas cerca de quinze pessoas, por um homem armado que ostentou uma bandeira islâmica. Turistas e compradores aproveitaram o tempo em que as autoridades policiais montaram o cerco fora das instalações, em Martin Place, para registarem o momento com sorrisos na cara.
A indignação nas redes sociais tem vindo a aumentar, com alguns utilizadores a considerarem estes atos «insensíveis» e até mesmo «doentios».  
Tanto a Ópera como a embaixada norte-americana foram evacuadas, uma vez que o autor do sequestro alega ter bombas colocadas no café e noutros locais espalhados pela cidade.