“Homens armados abriram fogo contra a viatura do primeiro-ministro quando ele saía do local onde decorreu uma sessão parlamentar”, disse Haten el-Ouraybi.

O primeiro-ministro, reconhecido pela comunidade internacional, “saiu ileso, mas um dos seus guarda-costas ficou ferido”, disse a fonte, acrescentando que foi uma tentativa de assassínio.