A representação diplomática portuguesa em Tripoli, na Líbia, foi alvo de um assalto esta madrugada, tendo um dos guardas da chancelaria ficado ferido, confirmou à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A mesma fonte referiu que o guarda se encontra bem.

O incidente foi esta sexta-feira divulgado pela agência noticiosa italiana Ansa.

Citando fontes não identificadas, a agência italiana referiu que quatro homens armados entraram na representação diplomática portuguesa cerca das duas da manhã, ferindo um dos guardas da chancelaria.

A agência noticiosa divulgou que os homens fugiram do local com a chegada de reforços.

Ainda em declarações à Lusa, fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros indicou que a diplomacia portuguesa está em contacto com as autoridades líbias para tentar perceber o incidente.

«Estamos a trabalhar para reforçar a segurança da chancelaria», acrescentou a fonte oficial.