Os rebeldes líbios ofereceram uma amnistia aos membros do regime de Muammar Khadafi que o matarem ou entregarem.

«O Conselho Nacional de Transição anunciou que quem quer que seja do círculo próximo que mate Khadafi ou o capture a sociedade irá garantir-se uma amnistia ou perdão por qualquer crime que tenha cometido», disse o líder dos rebeldes, Mustafa Abdel Jalil, numa conferência de imprensa em Benghazi.

Segundo a Reuters, o presidente do conselho também terá oferecido uma recompensa de dois milhões de dinares líbios (1,16 milhões de euros) pela captura de Khadafi.