Um dos elementos do gangue de violadores que atacou em 2012 uma jovem estudante indiana em Nova Deli vai ser libertado este fim de semana, deliberou um tribunal indiano.

O tribunal superior de Nova Deli afirmou estar impossibilitado de travar a libertação do atacante, que tinha 17 anos na altura da violação, porque este já cumpriu um período máximo de três anos num centro de detenção juvenil.

A decisão é divulgada poucos dias depois da Índia ter assinalado o terceiro aniversário do violento ataque que provocou uma onda de indignação no país, mas também a nível internacional.