O primeiro-ministro da Letónia demitiu-se esta quarta-feira, na sequência do colapso no teto de um supermercado que fez mais de 50 mortos.

A BBC adianta - citando a agência Delfi - que Valdis Dombrovskis colocou o lugar à disposição do presidente Andris Berzins na presença dos órgãos de comunicação social, afirmando que a «Letónia precisa de um governo capaz de resolver a situação».

Os trabalhos de remoção dos escombros.

O teto do supermercado caiu na quinta-feira, tirando a vida a, pelo menos, 54 pessoas, um número que tem vindo a ser atualizado.