Um líder religioso da África do Sul tem sido criticado depois dos media do Reino Unido e organizações sul-africanas terem noticiado que mandava os membros da sua congregação comerem relva, informa o site de notícias sul-africano News24.

Segundo o News24, citado pela Lusa, o clérigo Lesego Daniel, que vive em Garankuwa, a norte de Pretória, disse aos seus seguidores que «ficariam mais perto de Deus» se comessem relva e fez manchetes depois de terem sido divulgadas imagens dos seus seguidores deitados e a mastigarem a erva. Foram também mostradas fotografias de seguidores do pastor a vomitarem.

As pessoas terão sido atraídas para aquela igreja, o Rabboni Centre Ministries, depois de ter sido afirmado que Lesego Daniel fazia milagres, mas muitos já começaram a questionar os seus alegados poderes e a queixarem-se na página do centro na rede social Facebook, adianta o mesmo site.

Daniel não respondeu às críticas, nem às dúvidas, indica o News24.