Os leõezinhos, nascidos antes do Natal, são, agora, o “ai jesus” de uma reserva de felinos na Cidade do Cabo, na África do Sul. Mas, as atenções voltam-se para Brutus, o pai, que engravidou a companheira Nala, mesmo após ter feito uma vasectomia.

Paul Hart, do santuário Drakenstein contou à Reuters que Brutus foi submetido a uma vasectomia quando atingiu a maturidade sexual e “pensámos que tinha sido bem sucedida porque não houve gravidezes nos últimos três anos”, pelo que “fomos apanhados de surpresa com as crias”.

Por isso, os três novos membros da reserva já são apelidados como “bebés-milagre” ou “milagre de Natal”.

Brutus vai ser submetido a uma segunda vasectomia, para ver se se “resolve o problema desta vez”, disse o responsável do parque.