As autoridades chinesas sancionaram 13 médicos e enfermeiras da cidade de Tianjin, no norte do país, por aceitarem subornos da Danone para recomendarem o leite em pó daquela marca francesa.

A contrapartida dos subornos, segundo as autoridades chinesas, seria os médicos e enfermeiras instruírem os pais de recém-nascidos nos hospitais locais para administrarem o leite em pó da Danone.

As sanções pelas «graves violações» vão desde o cancelamento da licença médica a reduções de vencimento, revelaram os meios de comunicação social que citam um comunicado do governo local, cita a Lusa.