Mais de um milhar de emigrantes clandestinos foram resgatados pela polícia marítima italiana e pela marinha maltesa na sexta-feira à noite ao largo da ilha de Lampedusa e de Malta, afirmaram as autoridades marítimas.

Do lado italiano, as operações efetuaram-se a cerca de 40 milhas (74 quilómetros) da pequena ilha de Lampedusa que está mais próxima da costa libanesa.

Os três barcos que transportavam, respetivamente, 94, 580 e 400 emigrantes clandestinos, foram socorridos por embarcações da polícia marítima, salientaram.