O CEO da marca italiana «Lamborghini», Stephan Winkelmann, acaba de acrescentar um elemento de «peso» à frota da polícia estatal italiana.

Uma versão do novo modelo «Huracán», especialmente criada para o «combate ao crime», foi entregue na última quinta-feira ao diretor da polícia italiana, Alessando Pansa, em Roma.

Segundo a BBC, o novo modelo vem equipado com um motor de 5,2 litros V10 com 610 CV de potência, que pode atingir os 325Km/h, e que pretende substituir os «Gallardos» que já fazem parte da frota da polícia.

O «Huracán LP 610-4 Polizia» foi pintado com as cores tradicionais da polícia italiana, o azul e cinza, e vem equipado com extras específicos como um identificador de matrículas, para detetar veículos roubados, um radar que permite saber a velocidade exata de qualquer veículo em seu redor e até um pequeno refrigerador para o transporte de órgãos humanos.