Pelo menos 16 pessoas foram detidas esta segunda-feira, em Paris, por suspeitas de ligação ao assalto a Kim Kardashian, em outubro. A informação está a ser avançada, esta segunda-feira, pelos meios de comunicação franceses.

As detenções aconteceram em diferentes zonas de Paris, todas esta manhã. Segundo o Daily Mail, os presos serão interrogados e submetidos a exames de ADN.

Kim Kardashian foi, de acordo com as autoridades francesas, assaltada à mão armada, no apartamento onde estava hospedada, em Paris, em outubro, por pelo menos dois homens armados que se fizeram passar por polícias. Os assaltantes invadiram o apartamento, terão sequestrado Kardashian e trancaram-na na casa de banho. 

Kim Kardashian estava na capital francesa para a Semana da Moda.

O assalto rendeu cerca de 10 milhões de euros. 

Na altura, um empregado do hotel foi também feito refém durante o assalto.