O exército da Coreia do Norte realizou, este verão, testes com mísseis táticos de curto alcance com eventual capacidade para transportar ogivas nucleares, informou esta terça-feira um ‘think tank’ dos Estados Unidos na Internet.

Sob a presença do líder Kim Jong-un, a Coreia do Norte realizou, a 14 de agosto, um ensaio com cinco novos mísseis táticos de fabrico local e de «ultraelevada precisão», dois meses depois de levar a cabo um teste idêntico.

Segundo o portal 38 North, associado ao Instituto EUA-Coreia da Universidade Johns Hopkins, após a análise de fotografias do ensaio realizado em agosto, chegou-se à conclusão de que os novos projéteis norte-coreanos, que nos ensaios conseguiram percorrer até 220 quilómetros, podem ser uma versão com maior alcance do que os mísseis soviéticos SS-21 Tochka.