O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, convidou o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, para participar numa cimeira em Pyongyang.

O anúncio foi feito por Seul, indicando que o convite foi transmitido pela irmã do líder norte-coreano, Kim Yo-Jong, que se encontra de visita na Coreia do Sul para assistir aos Jogos Olímpicos de inverno.

Kim Jong-Un está pronto para se reunir com Moon “tão brevemente quanto possível”, segundo um porta-voz da Casa Azul, a presidência sul-coreana. 

Este convite surge um dia depois de um aperto de mão histórico entre o presidente da Coreia do Sul e a irmã do líder norte-coreano.

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno contou ainda com outro momento muito simbólico: as duas Coreias desfilaram debaixo da mesma bandeira pela primeira vez desde a guerra.

Esta aproximação começou a 9 e 10 de janeiro - dias em que o telefone tocou entre as duas Coreias. Surge, ao mesmo tempo, num momento de tensão entre os dois países, com a Coreia do Norte a fazer questão de demonstrar o seu poderio militar. Tensão também ao nível da energia nuclear entre a Coreia do Norte e os EUA.