Como conta o britânico “The Guardian”, a ameaça chega um dia depois da Coreia do Norte ter ameaçado lançar satélites, alegadamente pacíficos, que especialistas norte-americanos acreditam ser uma desculpa para testar mísseis de longo alcance, que se combinados com as armas nucleares podem significar uma ameaça séria.