A Coreia do Norte assinala esta terça-feira o 102.º aniversário do nascimento do fundador do país, Kim Il-sung, e avô do atual líder Kim Jong-un, no mais importante acontecimento do país que começou com uma homenagem ao «presidente eterno».

Tal como em anos anteriores, o jovem dirigente norte-coreano deslocou-se de madrugada ao Palácio do Sol, em Kumsusan, onde se encontra o corpo embalsamado de Kim Il-sung, para prestar homenagem ao avô e primeiro líder do país, descreve um despacho da agência oficial, a KCNA.

A acompanhar Kim Jong-un estava o vice-marechal Choe Ryong-hae, considerado o número dois do regime, e o ministro das Forças Armadas Populares, Jang Jong-nam, referiu a agência.