A chanceler alemã e os presidente dos Estados Unidos e da Rússia consideraram esta quinta-feira necessário «encontrar o mais rapidamente possível uma solução política para a crise na Ucrânia», anunciou o Governo da Alemanha.

«A chanceler e os presidentes estão de acordo ao dizer que é preciso encontrar uma solução política o mais rapidamente possível e que o banho de sangue deve cessar», indicou Berlim num comunicado divulgado após conversas telefónicas entre Angela Merkel, Barack Obama e Vladimir Putin.

De acordo com a nota, a chanceler informou Obama e Putin sobre a missão dos ministros alemão, francês e polaco, que estão em Kiev a negociar com o Presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, um «plano» para uma saída pacífica da crise.