Um hotel na segunda maior cidade do Iémen, onde o primeiro-ministro, Khaled Bahah, estava instalado com membros do Governo, estava esta terça-feira a arder após ter sido atingido por três ‘rockets’, indicaram testemunhas e fontes das forças de segurança.

Colunas de fumo saíam do hotel Al-Qasr, nos arredores de Aden, que foi declarada capital provisória do país.

No entanto, o primeiro-ministro iemenita, Khaled Bahah, escapou ileso ao ataque com ‘rockets’, informou um membro do seu Governo.

“O primeiro-ministro Khaled Bahah está de boa saúde e não foi ferido”, disse Nayef al-Bakri, ministro da Juventude e do Desporto iemenita.