O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prestou homenagem na quarta-feira a John F. Kennedy, salientando o seu caráter e vontade de «fazer do mundo um lugar novo» numa cerimónia que assinalou os 50 anos do seu assassinato.

«Ele permanece na nossa mente, não porque o levaram demasiado cedo, mas porque encarnava o caráter do povo que serviu. Era determinado, resistente, corajoso e divertido, desafiador na hora de enfrentar tarefas impossíveis, mas sobretudo decidido a fazer do mundo um lugar novo», afirmou Obama.

O Presidente norte-americano homenageou John F. Kennedy, que foi assassinado aos 46 anos, a 22 de novembro de 1963, em Dallas, por Lee Harvey Oswald, de 24 anos (segundo uma investigação oficial que ainda hoje é contestada), durante uma gala de entrega da medalha da Liberdade, uma condecoração criada por JFK, a 16 individualidades.