Um dos principais traficantes de droga do mundo, segundo uma listagem das autoridades dos EUA, o kosovar Naser Kelmendi, foi acusado na sexta-feira pelos procuradores do Kosovo de assassínio e tráfico.

Kelmendi, de 57 anos, foi acusado de «assassínio agravado» de um traficante bósnio, Ramiz Delalic, em 2007, bem como de «produzir e transformar narcóticos não autorizados, incluindo pacotes de 200 quilos de heroína e 150 mil comprimidos de ecstasy», disse uma porta-voz.

Nascido no Kosovo, de raízes albanesas, mas com cidadania bósnia, Kelmendi foi, em 2012, «identificado como traficante de droga, sob a lei dos EUA relativa aos traficantes estrangeiros», disse a porta-voz do procurador especial, Liridona Kozmaqi Hajdaraj.