Uma britânica caiu de um cruzeiro no Mar Adriático, na noite de sábado, e esteve 10 horas na água até ser salva, na manhã de domingo.

De acordo com as informações da guarda costeira da Croácia, Kay Longstaff caiu do Norwegian Star, a cerca de 95 quilómetros da costa croata, quando o navio ia do porto de Vergarola, na Croácia, para Veneza, em Itália.

Estive na água durante 10 horas, até ter sido resgatada por estes homens maravilhosos. Tenho muita sorte em estar viva. Caí de costas na água, estava sentada na parte de trás do convés”, revelou a mulher aos meios de comunicação social, antes de entrar na ambulância na qual foi transportada para o hospital, na cidade de Pula.

A Guarda Costeira foi notificada e foi iniciada uma operação de busca e resgate. O navio acabou por encontrar a mulher de 46 anos à deriva, não muito longe do local onde terá caído. O capitão, Lovro Oreskovic, revelou que Kay estava exausta no momento em que foi encontrada.

Estamos extremamente felizes por salvar uma vida”, acrescentou.

David Radas, porta-voz do Ministério dos Assuntos Marítimos da Croácia, afirmou que a equipa de resgate sabia o exato momento em que a mulher caiu, através da visualização das imagens de uma câmara de vigilância.

Como sabiam o momento, foram capazes de saber a posição exata do navio quando a mulher caiu”, explica um porta-voz da Norwegian Cruise.

Kay revelou a um dos homens que a resgatou que o facto de praticar ioga e ter cantado durante as 10 horas que esteve no mar, a ajudaram a sobreviver ao acidente. “Ela disse que o facto de praticar ioga e a sua condição física foi uma ajuda. Disse também que cantou para não sentir o frio durante o passar da noite, no mar”, conta o homem.

Temos o prazer de informar que a hóspede foi encontrada viva, está agora em condições estáveis e foi transportada para terra, na Croácia, para receber tratamento. Estamos muito felizes pela passageira, residente no Reino Unido, que está agora salvo e irá reunir-se com a família e os amigos brevemente”, informa o porta-voz da Norwegian Cruise.

As circunstâncias do acidente estão a ser investigadas e a embaixada britânica já foi informada.