Uma em cada dez raparigas foi vítima de estupro ou violação até aos 20 anos, segundo um relatório divulgado hoje pela Organização das Nações Unidas (ONU). No total, são perto de 120 milhões em todo o mundo.

Num estudo global sobre a violência contra crianças, da UNICEF, agência das Nações Unidas que visa promover os direitos das crianças, revela que um quinto das vítimas de homicídio são crianças ou adolescentes com menos de 20 anos, cita a Lusa.

O homicídio é a principal causa de morte em rapazes e em jovens com idades compreendidas entre os 10 e os 19 anos nos países da América Latina, incluindo a Venezuela, a Colômbia, o Panamá e o Brasil.