Um jornalista foi morto a tiro na quinta-feira no estado da Bahia, elevando para quatro os assassinatos de jornalistas no Brasil desde o início do ano, segundo a Repórteres Sem Fronteiras (RSF) na sua página de Internet para as Américas.

Geolino Lopes Xavier, de 44 anos, era jornalista de uma estação de rádio e televisão e foi abatido a tiro ao volante da sua viatura por indivíduos não identificados.

A organização não-governamental francesa pediu um inquérito à morte do jornalista. «Lamentamos a alta insegurança que afeta o trabalho dos jornalistas brasileiros», disse Camille Soulier, do departamento Américas da RSF.