Na Jordânia, um deputado disparou uma arma automática em pleno Parlamento. Tudo aconteceu durante uma sessão que contava com a presença do primeiro-ministro.

A meio de uma discussão mais acalorada com outro político, o deputado em causa saiu da sala e foi ao carro buscar a arma.

Quando tentava voltar, foi abordado pelos guardas no corredor. Ainda assim conseguiu fazer um disparo para o teto.

Não há vítimas a registar, mas já foi pedida a expulsão do político.

Esta é a primeira vez que existe um incidente do género no país.