O secretário de Estado norte-americano afirmou esta segunda-feira durante a sua visita a Seul, que a aliança entre os EUA e a Coreia do Sul “é mais forte do que nunca”, especialmente para fazer frente “às provocações crescentes” de Pyongyang.

John Kerry falava numa conferência de imprensa depois de se reunir com a Presidente sul-coreana, Park Geun-hye, e com o ministro dos Negócios Estrangeiros sul-coreano, Yun Byung-se, com quem abordou a cooperação bilateral em matéria de segurança e defesa, entre outros temas.

"A nossa aliança e a nossa relação global são mais fortes do que nunca”, disse Kerry, destacando os acordos entre ambas as partes para levar a cabo operações militares e impulsionar a desnuclearização da Península da Coreia.


A visita de Kerry, a primeira à Coreia do Sul desde fevereiro do ano passado, também serviu de preparação para a cimeira que os líderes de ambos países, Park e Barack Obama, têm previsto celebrar em meados de junho.

John Kerry chegou no domingo a Seul após viagem à China, e a sua agenda para hoje inclui um discurso sobre cibersegurança na Universidade da Coreia e uma visita às tropas norte-americanas destacadas no país asiático antes de voar para os Estados Unidos pelas 19:00 (11:00 em Lisboa) a partir da base aérea de Seongnam.