“Quero ter a certeza que não lhes vai ser permitido regressar ao combate”, afirmou o diretor da CIA, John Brennan, durante o ‘talk-show’ da televisão CBS “Face the Nation”.