"O presidente Boehner acabou de anunciar numa reunião partidária que se vai demitir de Presidente e também da Câmara dos Representantes no final de outubro", disse o republicano Bill Huizenga num comentário colocado na rede social Twitter e citado pela AFP.

O anúncio, que surge na sequência de diversos ataques do seu próprio partido a pedir a sua demissão, deve lançar um intenso debate sobre a sua sucessão e sobre o controlo da Câmara dos Representantes num contexto de eleições presidenciais norte-americanas, em novembro do próximo ano.