Os Estados Unidos apelaram esta quarta-feira aos líderes das comunidades iraquianas curdas e sunitas para que contribuam para a rápida formação de um governo de unidade nacional que combata a ofensiva «jihadista».

O vice-presidente norte-americano, Joe Biden, e Ossama al-Noujaïfi, presidente sunita do Parlamento na anterior legislatura, consideraram urgente a «rápida formação de um novo governo que tenha condições para unir o pais», numa altura em que o Iraque vive a sua pior crise desde a saída das tropas americanas em 2011.

Além da ofensiva dos jihadistas do Estado Islâmico do Iraque e Levante (EIIL), o país sofre de uma paralisia politica persistente, que tem impedido a formação de um governo.