Seis presumíveis membros do grupo extremista Estado Islâmico (EI) foram detidos na Turquia acusados de preparar atentados suicidas, revelou esta segunda-feira a cadeia de televisão CNNTurk.

Quatro das seis pessoas detidas em Gaziantep são de nacionalidade síria e foram especialmente treinadas para executar ataques suicidas com carros armadilhados.

A nacionalidade dos outros dois detidos é ainda desconhecida.

De acordo com a polícia turca, os quatro detidos sírios estarão relacionados com o atentado ocorrido a 10 de outubro passado em Ancara, no qual morreram 102 pessoas.