O número de civis mortos no ataque das forças militares turcas no norte da Síria foi atualizado para 35 pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH). Antes, o observatório indicara 20 civis mortos e 50 feridos nos ataques aéreo e terrestre contra Jeb el-Koussa, uma aldeia situada no sul da região síria de Jarbalos.

Pelo menos 20 civis foram hoje mortos e 50 outros feridos por tiros de artilharia e ataques aéreos turcos em Jeb el-Koussa, uma aldeia situada no sul da região síria de Jarablos”, disse à agência France Presse o diretor do observatório, Rami Abdel Rahmane.

Este é o ataque com maior número de mortos desde o início da operação "Escudo do Eufrades", na quarta-feira.

Segundo o OSDH, os bombardeamentos turcos concentram-se sobretudo no sul de Jarablos, o ex-feudo do EI junto à fronteira turca e a primeira localidade a cair nas mãos dos rebeldes apoiados por Ancara.