As equipas japonesas de resgate retomaram esta terça-feira a busca por novas vítimas do vulcão Ontake, depois de três dias sem poderem aceder ao cume devido à influência do tufão Phanfone que assolou parte do Japão, e encontraram mais duas vítimas.

As operações de busca permaneceram suspensas desde domingo devido à tempestade tropical que atingiu o centro do arquipélago japonês, provocando chuvas e deslizamentos de terras também junto ao vulcão.

O vulcão entrou em erupção a 27 de setembro lançando cinzas e rochas.