As autoridades japonesas ordenaram, esta quarta-feira, o abate de 4.000 frangos no oeste do país, após a confirmação de um novo surto de gripe das aves, o primeiro desde abril.

Os testes, realizados a partir de amostras recolhidas numa quinta em Miyazaki identificaram a presença de uma estirpe altamente patogénica, após o proprietário ter dado conta da morte súbita de 20 aves, ocorrida entre domingo e segunda-feira.

«Temos a confirmação de que pelo menos três frangos eram portadores do vírus», explicou um funcionário do Ministério da Agricultura, segundo o qual as autoridades de Miyazaki (na ilha meridional de Kyushu) começaram a abater todas as aves da quinta afetada.