Os tradicionais bolinhos de arroz japoneses, característicos das comemorações de Ano Novo, fizeram dois mortos este ano. Há ainda várias pessoas em estado crítico.

Parecem bolos inofensivos, mas, todos os anos, as autoridades alertam para o perigo desta tradição.

Os mochi são pequenos bolos redondos, ainda assim maiores que o equivalente a uma dentada, feitos a partir de arroz, mas muito difíceis de mastigar.

O arroz é primeiro cozido, depois batido e, por fim, amassado. A massa que se forma é moldada para fazer os mochi, que se comem assados ou cozidos. As famílias mais tradicionais costumam servi-los num caldo de legumes.

As pessoas com dificuldades em mastigar, como por exemplo crianças ou idosos, são aquelas com maiores probabilidades de se engasgarem e, consequentemente, asfixiarem.

Segundo os media locais, cerca de 90% das pessoas que deram entrada no hospital após consumirem os bolinhos do Ano Novo tinham mais de 65 anos.

Apesar dos alertas das autoridades, todos os anos morrem pessoas na passagem de ano devido a estes bolos.