Uma rapariga japonesa de 15 anos, desaparecida desde março de 2014, conseguiu escapar do seu sequestrador, que a manteve fechada e vigiada durante dois anos no seu apartamento em Tóquio, noticia a CNN.

Segundo o relato da jovem, o sequestrador, Kabu Terauchi, de 23 anos, abandonou o apartamento sem fechar a porta à chave. Aproveitando a distração do raptor, a jovem conseguiu sair e telefonar à família.

Foi a sua própria mãe que atendeu a chamada e lhe pediu que contactasse imediatamente a polícia. A jovem foi encontrada perto de uma estação de metro próxima do lugar em que permaneceu cativa.

A polícia deteve, na madrugada de segunda-feira, o presumível sequestrador, na cidade de Ito, a cerca de 130 quilómetros de Tóquio. O estudante universitário foi detido enquanto vagueava pelas ruas ensanguentado após se ter tentado suicidar, estando a recuperar no hospital dos cortes de faca que fez no pescoço.

Segundo as autoridades, Kabu Terauchi será formalmente acusado dos crimes quando sair do hospital.

A adolescente, desapareceu em março de 2014 quando regressava da escola. Uma nota, que dava conta de que se encontrava na casa de amigos e que não era preciso procurar por ela, foi deixada na caixa do correio de casa no dia em que desapareceu.