Estava inativo há dois anos, mas Monte Etna, o vulcão mais alto da Europa, localizado na ilha de Sicília, em Itália,voltou  a entrar em erupção, esta quinta-feira, e de uma forma espetacular. As colunas de fumo e lava obrigaram a evacuação do aeroporto da região, que deverá permanecer encerrado nas próximas horas.

De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia de Itália, esta foi uma erupção pequena, mas muito violenta. O vulcão já não apresentava uma força tão devastadora há quase duas décadas.

Segundo o Science Alert, a fonte de lava chegou a atingir uma altitude superior a um quilómetro e outros materiais magmáticos chegaram aos três.

O suficiente para encerrar o aeroporto de Sicília e cobrir as vilas mais próximas com um espesso fumo negro. 

Imagens incríveis da erupção chegaram à Internet e mostram a força do fenómeno natural.

A erupção foi acompanhada de um acontecimento raro, apelidado de “tempestade suja”, que pode surgir quando um vulcão expele lava a grande altitude. Isto porque as partículas das cinzas expelidas tomam contacto umas com as outras e produzem eletricidade estática suficiente para originar trovões.