"Três atacantes, armados com facas, tentaram apunhalar soldados estacionados no cruzamento de Gush Etzion", um colonato judaico, de acordo com um comunicado militar. Em resposta ao ataque, as tropas dispararam sobre os atacantes, acrescentou.

Uma fonte militar disse à agência noticiosa francesa AFP que todos os atacantes tinham morrido.