O autodenominado Estado Islâmico reclamou a autoria de um ataque que vitimou três seguranças, esta sexta-feira, no aeroporto de Tripoli, na Líbia.

“O ataque desta manhã a uma prisão localizada na base aérea de Mitiga foi perpetrado por um grupo armado que tentava libertar alguns detidos”, afirmou um segurança do aeroporto à AFP. "Primeiro houve uma explosão  e depois começou o tiroteio com armas automáticas".


O atentado vitimou três seguranças do aeroporto. Oito dos terroristas foram mortos pelas autoridades, no local.

O grupo terrorista acabou por reclamar a autoria do ataque minutos depois, no Twitter.

Nenhum voo foi afetado pelo atentado e o aeroporto, que é o único em funcionamento na região, continua completamente operacional.

É mais um ataque da autoria do Estado Islâmico na Líbia, que conquistou a cidade de Sirte, em junho, a apenas 450 quilómetros de Tripoli.