Às vezes a vida não corre como planeado e o melhor exemplo disso é o Gunner, um menino que queria um irmão, mas descobre que vai ter uma irmã. Ou melhor, outra irmã. Porque Gunner já tem duas irmãs, escreve o «Huffington Post». Após receber a notícia, o menino chora desconsolado.

Os pais juntaram os três filhos à mesa, duas meninas e um menino, para revelarem o sexo do bebé que ainda vai nascer. Quando cortam um bolo para ver a cor do recheio, Gunner percebe que vai ter mais uma irmã. É, nesse momento, que perde o controlo.

«Eu não quero outra rapariga», diz no meio de muitas lágrimas. O pai tenta consolar o filho, admitindo que também preferia um rapaz, mas nada o faz mudar de opinião: «Odeio raparigas. É sempre raparigas, raparigas, raparigas».

A tristeza é tanta que Gunner nem quer comer bolo. Felizmente, as irmãs parecem satisfeitas com a notícia.

O casal e os filhos foram depois convidados a participar no programa «RightThisMinute» e, desta vez, Gunner afirmou que afinal «estava contente». Mas enquanto o pai acaba por admitir que devia ter mordido a língua quando disse que também preferia um rapaz, a mãe acaba por admitir o mesmo. «Vou ser honesta, desta vez, também desejava um menino».