Notícia atualizada às 10:29

As forças de segurança iraquianas travaram, esta segunda-feira, ataques de homens armados a duas prisões perto de Bagdade, revelou o ministério do Interior, enquanto militantes islamitas informaram através da Internet da fuga de milhares de presos.

De acordo com a Agência Reuters, pelo menos 26 soldados e polícias foram mortos.

Os ataques tiveram como alvo as prisões em Taji, a norte de Bagdade, e a de Abu Ghraib, a oeste da capital.